Mais informação com menos tempo de leitura
Topo
Diogo Schelp

Diogo Schelp

Salles confirma negociação em curso para retomar doações ao Fundo Amazônia

Diogo Schelp

13/09/2019 19h17

Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente (Foto: Lucas Seixas/UOL)

Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, confirmou a este blog que os repasses dos países doadores do Fundo Amazônia estão prestes a serem retomados. O governador Helder Barbalho, do Pará, havia afirmado na tarde desta sexta-feira (13), após reunião com embaixadores da Alemanha, Reino Unido e Noruega, que isso poderá acontecer "nos próximos dias".

"As tratativas iniciadas pelo Ministério do Meio Ambiente no sentido de aprimorar e então retomar o Fundo Amazônia junto aos doadores têm avançado bem, em mútuo entendimento, inclusive com os governadores", diz Salles.

"Essa é uma negociação que eu fiz com os representantes desses países para retomar as doações", diz o ministro. Ele afirma que o acordo está praticamente fechado e que os governadores, na reunião desta sexta-feira, foram comunicados pelos embaixadores sobre o avanço das negociações.

Leia mais:

Em entrevista ao UOL, publicada em 22 de agosto, Salles havia aventado a possibilidade de que os governos dos estados fechassem acordos de proteção da Amazônia diretamente com os doadores do fundo, sem precisar da parceria com o governo federal. "Os doadores, porém, preferem fazer via BNDES, como já vinha ocorrendo", diz Salles.

Em agosto, Alemanha e Noruega haviam suspendido as doações após críticas do presidente Jair Bolsonaro e do ministro Salles à política ambiental desses países.

Salles diz que vai almoçar em Nova York com o ministro da Cooperação Econômica e Desenvolvimento da Alemanha, Gerd Müller, durante sua viagem aos Estados Unidos na semana que vem, para acertar os detalhes da volta dos repasses. "Acho que vai ser a reunião final para a gente acertar os ponteiros", diz Salles.

 

Queimadas na Amazônia levam fumaça para o Sul

Band Notí­cias

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Diogo Schelp é jornalista com 20 anos de experiência. Foi editor executivo da revista VEJA e redator-chefe da ISTOÉ. Durante 14 anos, dedicou-se principalmente à cobertura e à análise de temas internacionais e de diplomacia. Fez reportagens em quase duas dezenas de países. Entre os assuntos investigados nessas viagens destacam-se o endurecimento do regime de Vladimir Putin, na Rússia, o narcotráfico no México, a violência e a crise econômica na Venezuela, o genocídio em Darfur, no Sudão, o radicalismo islâmico na Tunísia e o conflito árabe-israelense. É coautor dos livros “Correspondente de Guerra” (Editora Contexto, com André Liohn) e “No Teto do Mundo” (Editora Leya, com Rodrigo Raineri).

Sobre o Blog

“O que mantém a humanidade viva?”, perguntava-se o dramaturgo alemão Bertolt Brecht. Essa é a pergunta que motiva esse blog a desembaraçar o noticiário internacional – e o nacional, também, quando for pertinente – e a lançar luz sobre fatos e conexões que não receberam a atenção devida. Esse é um blog que quer surpreender, escrito por alguém que gosta de ser surpreendido.